Perguntas Frequentes

Como faço para criar uma conta no FIBRE?

Qualquer pessoa pode criar uma conta no FIBRE, seja ela, aluno, professor ou pesquisador. Basta solicitar uma conta através do portal: https://portal.fibre.org.br/account/request/
Ao realizar cadastro no FIBRE, o usuário terá acesso a uma conta padrão que permitirá a participação em projetos já existentes, ou seja, o usuário será capaz de criar novos “slices” e máquinas virtuais dentro do projeto em que foi aceito.
Para realizar a criação de novos projetos é necessário solicitar o “upgrade” da conta para “full-user”.

Que tipos de conta o FIBRE oferece?

Conforme já comentado na resposta 1, o FIBRE oferece 02 tipos de contas: a padrão e a “full user”.
A conta padrão permite solicitar a participação em projetos já criados. Caso esse usuário seja aceito em um projeto, este poderá criar novos “slices” e máquinas virtuais nesse projeto.
A conta “full user”, destinada para professores e pesquisadores, permite a criação de novos projetos, a gestão de usuários dos projetos e todos os benefícios referentes a conta padrão, ou seja, criação de novos “slices” e máquinas virtuais.
Caso o usuário não tenha acesso a nenhum projeto, ou não for capaz de criar novos projetos, este não poderá fazer uso adequado do testbed FIBRE.

Como faço para aderir ao FIBRE?

Basicamente existem duas formas de adesão: como usuário e de forma institucional como “ilha de experimentação”.
Como usuário, qualquer pessoa pode solicitar uma conta de acesso. Veja a resposta n.1 acima ou siga as orientações disponíveis em: https://www.fibre.org.br/start-using-fibre/register/
A adesão de forma institucional, como “ilha de experimentação”, significa que sua instituição proverá recursos computacionais e de rede para a federação de testbeds. Para essa forma de adesão, consulte a pergunta seguinte.

Como faço para implantar uma ilha de experimentação em minha instituição?

Primeiramente, consulte os requisitos mínimos de hardware e as instruções disponíveis na página: https://www.fibre.org.br/about/how-to-join/
Entre em contato com a coordenação do testbed para agendar uma webconferência para esclarecimentos de dúvidas.

É necessário que minha instituição possua uma ilha de experimentação para eu usar o FIBRE?

Não. O uso do tested FIBRE é aberto para qualquer pessoa.
Usuários que não sejam oriundos de instituições públicas de ensino e pesquisa deverão descrever o motivo do uso do testbed.

Quais equipamentos OpenFlow o FIBRE oferece?

Atualmente na arquitetura do FIBRE temos os seguintes equipamentos:
Switch Datacom DM4001
Switch Pronto PICA8 P-3295
Switch Pronto PICA8 P-3297
Switch NetFPGA
Switch Whitebox Supermicro SYS-5018A-TN7B (com Open vSwitch embarcado)

Qual a versão de OpenFlow que o testbed FIBRE suporta?

Atualmente apenas a versão 1.0 do protocolo.

Quais tipos de máquinas virtuais posso criar?

O FIBRE cria máquinas virtuais com virtualização total (full virtualized), oferecendo atualmente uma opção de sistema operacional: Ubuntu 16.04
Essas máquinas virtuais podem ser criadas com até 4GB de memória, sendo que o espaço do HDD é fixo em 4GB.
No futuro, novos “templates” de máquinas virtuais serão adicionados.

Quais as especificações das máquinas virtuais criadas?

Por padrão, as máquinas virtuais possuem 4GB de HDD e o usuário consegue criar máquinas virtuais de até 4GB de memória.
Atualmente não é customizar as máquinas virtuais além dos parâmetro pré-definidos, caso seja necessário é possível solicitar uma máquina virtual customizada para equipe técnica através do e-mail do Service Desk.

Quero utilizar uma máquina virtual diferente do oferecido. É possível? Como faço?

Sim, é possível. É necessário entrar em contato com a equipe de desenvolvimento do FIBRE para verificação da viabilidade de novas máquinas virtuais.

Minha conta do FIBRE foi aceita. Como faço para acessar a infraestrutura do FIBRE?

Siga as orientações disponíveis em: https://www.fibre.org.br/start-using-fibre/getting-access/

Como solicitar a participação em um projeto?

O usuário ao logar na plataforma através do portal FIBRE (https://portal.fibre.org.br/), no menu superior, ele terá que acessar o link “Projects” e após esta etapa ele clicará em “Request Access”, que listará os projetos existentes. Nesta etapa é possível procurar o projeto que o usuário deseja acessar. Ao encontrar o projeto desejado, basta clicar no botão de “Join Project”, que será enviada uma notificação para dono do Projeto, que deverá aceitá-lo ou rejeitá-lo.

Como solicitar um “upgrade” na conta?

Conforme previamente mencionado, usuários do FIBRE começam com uma conta padrão que permite a requisição de acesso a projetos do FIBRE, no entanto, esta conta não permite a criação de novos projetos.
Para solicitar o upgrade da conta para “full user”, o usuário deverá fazer o login no portal FIBRE (https://portal.fibre.org.br) e clicar no botão “Upgrade Account”, em que será redirecionado para um formulário que solicitará as motivações para o “upgrade” da conta.
Ao terminar o preenchimento desse formulário, o Administrador receberá uma notificação para que este pedido de “upgrade” seja aceito ou rejeitado.

Como crio um projeto no FIBRE?

Para criar um projeto é necessário logar no portal FIBRE (https://portal.fibre.org.br/) e ter uma conta “full-user” que permitirá a criação de projetos. Caso o usuário não tenha uma conta “full-user”, será necessário solicitar um “upgrade” de conta, conforme descrito na pergunta 12.
Para o usuário com a conta “full-user”, clique em “Create Project”, preencha o formulário com o nome do projeto, data estimada para conclusão e a descrição do projeto. Após o preenchimento formulário, clique no botão “Create” e o seu projeto será prontamente criado.

Como faço para adicionar usuários no meu projeto?

Na nova plataforma do FIBRE não é possível adicionar usuários em seu projeto. No caso, são os usuários que devem solicitar o acesso para o projeto desejado, conforme descrito na pergunta 12.

Como acessar as Máquinas Virtuais criadas na plataforma do FIBRE?

É possível acessar as máquinas virtuais de experimentação através do console web, que está disponível dentro do próprio portal de experimentação. Para fazer uso desse recurso, siga o seguinte procedimento: faça o login no portal, acesse um projeto em que se tenha acesso e após esta etapa selecione o “slice” desejado. Com as VM já criadas e inicializadas, faça um clique duplo no nome da máquina virtual listada dentro do slice, isto criará uma aba interna dentro do portal de experimentação em que o usuário poderá interagir com a sua máquina virtual.
Atualmente este recurso não está disponível. Apenas a experimentação com múltiplas está disponível na plataforma de experimentação.
Sim, é possível. Ao criar o projeto, será possível escolher recursos de diferentes ilhas, sendo que os recursos disponíveis variam desde servidores de virtualização até equipamentos de rede com OpenFlow. Para mais detalhes consulte a seguinte página: https://www.fibre.org.br/start-using-fibre/your-first-experiment/.

Podemos solicitar múltiplas contas de usuário?

Não.

É possível utilizar um controlador OpenFlow externo?

Atualmente não é possível utilizar um controlador OpenFlow externo.

Meu controlador não está recebendo tráfego ao iniciar o slice

O controlador só irá receber tráfego caso exista algum recurso OpenFlow alocado em seu Slice. Caso não haja nenhum recurso alocado, o sistema não enviará pacotes para seu controlador.

O meu controlador não está detectando minhas Máquinas Virtuais, como faço?

O serviço de descoberta de topologia do controlador SDN só detecta as conexões entre switches OpenFlow (usando LLDP). Para detectar as conexões com as VMs é necessário gerar algum tráfego a partir delas na VLAN solicitada, como ping por exemplo. Após esse tráfego ser recebido no switch o controlador vai detectar o host, seu MAC e porta de conexão no switch, sendo que esta funcionalidade depende se o controlador a suporta.

Quais controladores já foram testados no FIBRE? Quais sãos os mais recomendados?

Atualmente recomendamos o uso do controlador Ryu. No entanto, foram feitas validações com sucesso nos seguintes controladores: POX, Floodlight e ONOS.
O controlador SDN Kytos também já foi utilizado no FIBRE, entretanto sua utilização não foi validada em equipamentos do tipo servidor NetFPGA.

Quando posso executar os meus experimentos?

Os experimentos só podem ser executados dentro do período solicitado na criação do Projeto e consequentemente do “slice”. Para mais detalhes acesse o link: https://www.fibre.org.br/start-using-fibre/getting-access/

Qual a tecnologia usada pelo FIBRE Testbed?

Atualmente o FIBRE Testbed utiliza como framework de experimentação o OMF6, o hypevisor Xen 4.9 para criação de máquinas virtuais e o Flowvisor 0.8.17, para “fatiamento” da rede.
Last modified 1yr ago